FANDOM


Sabanizações são "adaptações" feitas de cenas de séries, filmes e afins. Exemplo: A série japonesa Kyoryu Sentai Zyuranger(original) foi adaptado como Mighty Morphin Power Rangers(sabanização) pela empresa americana Sabans's.

História Editar

Já na década de 60 o estúdio do diretor Roger Corman adaptava séries da família Ultra, mudando até a temática: séries dramáticas ganhavam tom de comédia.

Na década de 80, Haim Saban tinha levado a série Choudenshi Bioman para a França, obtendo muito sucesso. Logo depois, o empresário tentou levar Bioman para a TV americana, mas não houve interesse por parte dos produtores.

Já na década de 90, Saban fundou seu próprio estúdio e adquiriu com a produtora Toei os direitos do Sentai Zyuranger/Jyuranger (1992 - 1993) para os EUA, aproveitando o tema Dinossauros da série, em voga na época devido ao filme Parque dos Dinossauros. O elenco que personificava os heróis em roupas civis foi trocado por atores norte-americanos e o seriado, rebatizado para Mighty Morphin Power Rangers.

Além disso, os roteiros foram praticamente escritos do zero, aproveitando do original apenas algumas cenas de luta. Saban argumentou que o mercado americano não aceitaria uma série com um elenco todo de japoneses(como aconteceu com Dynaman, nos Anos 80, com a dublagem apelando para a comédia), assim como a narrativa da série original.

O sucesso de Power Rangers inspirou a companhia a comprar outros seriados nipônicos e adaptá-los da mesma forma, originando VR Troopers, Masked Rider(adaptação de Kamen Rider Black RX), Big Bad Beetleborgs, com diferentes níveis de sucesso. Uma produtora rival, a DIC Audiovisual, tentou o mesmo caminho ao adaptar o seriado Denkou Choujin Gridman, da Tsuburaya Productions, a mesma produtora de "Ultraman", renomeando-o com o nome sem sentido, Superhuman Samurai Cyber Squad. Gridman era uma auto-homenagem da Tsuburaya às séries Ultra, levando o conceito de lutas de heróis gigantes para o mundo dos computadores, onde o herói combatia vírus eletrônicos com a forma de monstros. Apesar de se manter mais fiel aos episódios originais que as séries da Saban, a DIC não teve sucesso com sua produção(toda essa história gerou o termo sabanização).